VIDEOS CIRRUS


CIRRUS GERAÇÃO 6

Vídeo produzido pelo nosso amigo Ricardo Beccari.


CIRRUS G6 2017







DEIXE O CAPS SALVAR SUA VIDA



CIRRUS SR22 AtacamaPROJECT

Uma bela viagem de Cirrus SR22, realizada pelo Cmte. Carramenha, documentada em um excelente e bem editado vídeo, cruzando o deserto do Atacama no Chile, passando por Foz do Iguaçu, Cataratas e Mendoza na Argentina.

O voo teve origem no aeroporto de Jundiaí – SBJD no nascer do sol da sexta feira, 17/02/2012.  A saída do Brasil foi por Foz do Iguaçu – SBFI onde foi feito o primeiro abastecimento. Após a decolagem, foi solicitado sobrevoo das cataratas a 4000ft e 3 passagens foram feitas antes de seguir viagem.

A primeira parada na Argentina foi em SARI, Cataratas Del Iguazu, aeroporto de pouco movimento próximo a fronteira e que disponibilizou um responsável para nos acompanhar durante todos os procedimentos administrativos de entrada no país. Neste aeroporto deve-se coordenar com antecedência a necessidade de alfândega e aduana pois estes funcionam apenas em determinado horário.

Após todos os trâmites legais, seguimos para Rosário – SAAR, aeroporto num ponto intermediário da rota, onde faríamos o nosso segundo abastecimento do dia. Os aeroportos da Argentina são diferentes dos nossos no quesito de abastecimento. Eles não possuem caminhão e sim bombas fixas, sendo de responsabilidade do operador a movimentação da aeronave para o abastecimento.

Aeronave abastecida e plano passado. Demos continuidade a viagem para Mendoza – SAME. Próximo ao través de Córdoba encontramos algumas formações de CB, um paredão tanto visual como no nosso storm scope, sendo necessário o desvio de rota de aproximadamente 30 milhas para o Sul. Conseguimos chegar a Mendoza ao final do dia. A aeronave foi preparada para o pernoite e passamos na sala da meteorologia para saber sobre as condições da travessia dos Andes na manhã seguinte pela rota visual. Foi então que tivemos a noticia que não seria possível a travessia antes de segunda devido aos fortes ventos. No sábado e no domingo pela manhã foi verificada novamente a possibilidade de continuidade do voo, e o meteorologista informou que no domingo à tarde seria possível a travessia visual pela famosa Cruce del Cristo.

Trâmites administrativos realizados na Alfândega e Aduana, aeronave foi movimentada para posição de abastecimento antes de seguir viagem para o Chile.

Na Argentina todos os serviços de navegação foram pagos na sala AIS logo após a apresentação do plano de voo. Já as taxas aeroportuárias foram faturadas em SARI e SAAR e pagas em cash em SAME. É aceito como pagamento moeda local ou dólar.

A travessia durou aproximadamente 30 minutos em condições visuais, voo tranquilo apesar de pouco turbulento no FL140, sem necessidade de oxigênio. Seguimos via litoral no FL120 até Antofogasta – SCFA, aeroporto internacional mais próximo ao deserto do Atacama. Lá os trâmites foram super rápidos pois todas as autoridades iam até a aeronave para vistoria e liberação. O tempo de solo foi necessário apenas para passar o plano de voo e abastecer antes de seguir para Calama – SCCF. Na sala AIS foi paga a taxa de navegação que nos permitia voar por 30 dias entre os aeroportos do Chile. A partida de Antofogasta aconteceu próximo ao pôr do sol e o pouso em Calama foi noturno.

Em outra manhã a aeronave foi levada para San Pedro de Atacama – SCPE para realização de alguns voos panorâmicos no meio do deserto.

O retorno ao Brasil foi feito em 23/02/2012. Decolamos de SCPE no nascer do sol, fizemos uma parada em SCFA para abastecimento e trâmites legais, porém as autoridades só iniciavam suas atividades às 12h local. Seguimos então para Santiago do Chile – SCEL via litoral, e tivemos a oportunidade de realizar pouso simultâneo na pista da esquerda. Ao liberar a principal, fomos guiados pelo follow me ate o pátio da aeropardal, que nos deu total apoio e nos forneceu Avgas (que não é disponível em SCEL).

Aeronave abastecida e plano passado por eles. Seguimos direto a SBFI, com vento de proa de 15kt em toda rota, o que nos acrescentou 1h no nosso planejamento de voo. Selecionado o regime best economy, seguimos viagem. Lá tivemos que esperar a chegada do abastecedor, que só opera ate as 20h. Saímos então de Foz do Iguaçú já de madrugada em uma noite estrelada para retorno a Jundiaí.

O resultado vocês podem ver no vídeo…




TRASLADO DE CIRRUS SR22 | EUA – BRASIL | por Rodrigo Botter

Fort Lauderdale para Providenciales

Providenciales para Grenada

Grenada para Boa Vista

Boa Vista para Sinop

Sinop para Jundiaí




CIRRUS SR22T G3 – A CAMINHO DO EVENTO FLY INN CIRRUS FURNAS PARK 2011

Voo de Divinópolis ao Furnas Park Resort no novo CIRRUS SR22T



  • face
  • Acesse nossos sites

    CIRRUSAIRCRAFT PLANE
  • Sugestões CIRRUS

  • Imagens do Último Evento

    DSC01262 EVENT-RECAP-(4) IMG-20160921-WA0020 IMG-20160921-WA0021 WhatsApp-Image-2016-09-23-at-15.36.57 WhatsApp-Image-2016-09-27-at-18.00.53
  • CIRRUS NEWS BRASIL